Lomeutec - Tutoriais e Informação
Mostrando postagens com marcador Materias. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Materias. Mostrar todas as postagens

Jogo Resident Evil 1.5 está sendo terminado por fãs

Há 15 anos atrás a Capcom lançava um game que seria referência no gênero Survival Horror. O que muitos não sabem é que Resident Evil 2 foi totalmente remodelado quando o jogo já estava 80% concluído. Shinji Mikami, criador do projeto, decidiu aplicar várias mudanças notórias nos gráficos e nos cenários. Outra alteração foi a troca de Elza Walker por Claire Redfield como personagem jogável. O fato é que essa versão abandonada do jogo, conhecida por Resident Evil 1.5, está sendo finalizada por fãs que estão fazendo o trabalho de correção de bugs e tradução de textos. Eles querem terminar o jogo da forma como tinha sido imaginado inicialmente.

Falando um pouco sobre o formato JPEG

O JPEG é baseado em um padrão de algorítimos de compactação, teve sua especificação disponibilizada pela primeira vez em 1983 por um comitê técnico da empresa Compression Labs batizado de "Joint Pictures Expert Group" e possui como principal vantagem sobre os demais ser capaz de trabalhar com até 16,8 milhões de cores e ainda manter um tamanho pequeno ocupando pouco espaço em disco sem perder muita qualidade na imagem. Há algumas confusões que são feitas quanto as designações JPG e JPEG. Acontece que JPG é a extensão do arquivo de imagem no formato JPEG.

Como são medidos dados da audiência da Televisão

Frequentemente apresentadores de algumas emissoras de televisão anunciam orgulhosos de que estão na frente dos concorrentes conseguindo garantir mais telespectadores durante a transmissão de um determinado evento. Eles sabem disso, pois tem acesso a informações de pesquisa e estatística feita por empresas e órgãos especializados. O órgão mais conhecido capaz de aferir essa métrica no Brasil é o IBOPE (Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística). Mas como as emissoras parecem saber desses dados em tempo real? Entenda nessa publicação de maneira descomplicada e rápida como isso é feito.

Vale a pena trocar meu sistema atual pelo Win 8?

Nessa publicação serão mostrados alguns elementos e você decidirá se são pontos positivos ou negativos. Não há aqui qualquer intenção em convencê-lo a comprar ou não comprar o novo sistema da Microsoft. É um texto feito pensando nos indecisos que não sabem se essa é mesmo a melhor opção no momento ou se vale a pena manter o sistema atual e economizar para o lanche do final de semana. Em alguns momentos darei a minha opinião e no final falarei sobre a decisão que tomei sem tentar causar qualquer influência.

Livrarias temem competição com lojas de ebooks

Deixarei aqui nessa publicação a minha opinião sobre a carta aberta da Associação Nacional de Livrarias pedindo a criação de regras para a venda de ebooks no Brasil. Acredito que o propósito da evolução tecnológica não seja somente criar novos dispositivos para resolver, ou em alguns casos criar necessidades. Já dizia um professor meu do curso de informática, "O computador foi criado para resolver problemas que a gente não sabia que tinha". Muito mais que apenas soluções e facilidades, as tecnologias devem ser usadas para criar ferramentas, novas oportunidades e principalmente serem acessíveis a todos. Por isso tudo que advém como resultado dessa evolução deve ter um custo baixo. Senão, ao meu ver, ela perde o sentido de existir. Por que criar algo para alguns poucos abastados?

Diferenças entre as lojas virtuais Google e Amazon

A Amazon, uma empresa de comércio eletrônico fundada nos Estados Unidos, começou oficialmente as suas atividades no Brasil. A página com domínio ".br" está on-line desde de a zero hora de quinta-feira (06/12/2012). Não ficando para trás, o Google também lançou a sua loja pela internet nesta mesma noite direcionada para o consumidor brasileiro. O Google Play é uma loja eletrônica que vende aplicativos, livros, jogos filmes e em breve músicas.

Outra vez PETA? Essa implicância com os games?

O PETA é uma organização com uma boa intenção, que objetiva proteger os animais de situações de maus-tratos. Ultimamente o PETA - (sigla que em tradução livre para o português significa "Pessoas pelo Tratamento Ético aos Animais") - decidiu expandir um pouco o campo de atuação. O mundo real já não é o bastante, porque também não proteger os animais em animes e jogos de vídeo games? Pois é, e não é a primeira vez. O jogo do Mario (que Mário?) já foi alvo de críticas dessa organização que acusava o encanador de passar uma idéia errada, que aquela roupa de guaxinim que dava ao personagem poderes para voar... - (desculpe, aqui tive que dar uma boa pausa até conseguir parar de rir).

Ajude a melhorar a qualidade da internet no Brasil

A Agência Nacional de Telecomunicações já havia aprovado em 27 de outubro de 2011 uma regulamentação para os serviços das redes de telefonia tanto fixas quanto móveis que provém acesso de banda larga. Até então não havia nada nesse sentido. (Banda larga é toda a conexão que supera os padrôes das linhas telefônicas convencionais de 56 Kbps.) Era de se esperar que o próprio mercado e a livre concorrência melhorasse a qualidade dos serviços e tornasse valor mais baixo para o consumidor. Na prática isso não vem acontecendo e as operadoras estão nivelando por baixo fazendo o cliente de "gato e sapato", que fica preso em cláusulas que garantem apenas 10% da velocidade que é contratada. É como se você fosse no açougue, pagasse por 1 quilo de alcatra e o vendedor entregasse só 100 gramas sem que você pudesse reclamar.

ACTA - Um risco a sua liberdade na WEB e fora dela

Recentemente pessoas do mudo inteiro mobilizaram-se para impedir a votação de duas leis nos EUA (S.O.P.A e P.I.P.A) e que colocariam várias restrições ao uso da internet como a conhecemos hoje. O grupo Anonymous está divulgando algo ainda maior. O ACTA é um documento que estava sendo criado às escondidas (estava, já que vazou) por vários governos, mais interessados em preservar os lucros de empresas como a RIAA e a MPAA do que na manutenção da sua liberdade. Algo que atuaria não só sobre a maneira como você utiliza a internet, mas também como você utiliza qualquer informação, colocando você sob mecanismos que restringirão as suas ações.

A coisa está ficando preta na Casa Branca

Após a pressão dos internautas e dos estadunidenses que foram às ruas em protesto, os congressistas americanos recuaram com a votação das leis S.O.P.A e P.I.P.A. Chris Dodd - Diretor-chefe da Associação Cinematográfica dos EUA - MPAA (Motion Picture Association of America) soltou uma declaração que pode dar ainda muito "pano para manga". A MPAA é uma entidade que estabelece as regras para o mercado de cinema nos EUA.

Matéria

Chris Dodd deixou claro que cortaria doações feitas aos políticos que tinham desistido de votar em favor das leis, e que haviam sido elaboradas em conjunto com apoio da EMI, da Sony Music Entertainment, do grupo Time/Warner, da Universal Music, da Recording Industry Association of America (RIAA) e da Câmara de Comércio.

Uma das doações seria de 4,1 milhões de dólares para ser usada na campanha de reeleição de Barack Obama à presidência, em declaração dada a emissora Fox News. Isso irritou os americanos que exigiram através uma petição com mais de 10 mil assinaturas entregue à Casa Branca, explicações e que fossem feitas investigações acerca do que Chris Dodd disse. Não é a primeira vez que uma ação para impedir a pirataria na internet, idealizada pela MPAA, acaba sendo um "tiro saindo pela culatra". Há alguns anos a entidade conseguiu impedir que o site de torrents Mininova disponibilizasse filmes para downloads, mas ao invés de acabar com a pirataria, o que viu-se foi a proliferação de vários outros sites e blogs com conteúdo ilegal de filmes.

O mercado deve encontrar outros caminhos, se modificar e evoluir para acompanhar a internet. Não é através de leis ditatoriais que irão resolver a questão da pirataria. A internet deve continuar sendo um território livre. Livre, não ilegal! É necessária uma regulamentação sim, mas que seja algo viável para os dois lados.

Fonte: Diário do Nordeste.

Lista de servidores de arquivos na mira do FBI

O fechamento do MegaUpload e a prisão de seus donos mudou o cenário da internet. Vários servidores de arquivos estão tomando atitudes drásticas, apagando seu conteúdo, evitando a aceitação de novos cadastros até mesmo de contas pagas. O FBI continua suas investigações em outras empresas do gênero. O que não dá para entender é se a tal lei S.O.P.A e a tal da P.I.P.A ainda nem foram à votação, então porque essa ação tão enérgica do FBI? Não seria necessária a aprovação primeiro? O estrago já foi feito e é bem grande. Muitos sites foram severamente prejudicados e se sobreviverem terão um árduo trabalho de recuperação.

Cuidado que a S.O.P.A. não é mole e a P.I.PA. não é brinquedo!

Pois é, muito tem se falado na tal da S.O.P.A. Será que você já deu a devida importância para o assunto? S.O.P.A (Stop Online Piracy Act) é um projeto de Lei que estava tramitando no congresso americano e nada tem haver com comida. Estava porque a pressão popular foi grande e resolveram retirar o projeto para que ela seja reformulada e volte para ser votada em outra oportunidade. Você deve estar se perguntando: O que que eu tenho com isso? Se você acessa internet, ou a menos que você seja um eremita enfurnado na sua caverna é lógico que acessa, então você tem tudo haver com isso. Esse projeto de lei é lindo! Ele quer acabar com a pirataria da internet. Que maravilha! Acontece que se você for analisar isso a fundo, vai ver que a coisa não é tão bela quanto parece.

Empolgação e frustração com Linux mais uma vez

Pois é, talvez muita gente já comece a ler essa publicação já com "fogo nas ventas", por ver um título com as palavras Linux e frutração na mesma frase. E já vai pensando: Quem esse cara pensa que é para falar de Linux? É verdade que eu sei muito pouco sobre Linux. Durante 5 anos fui um usuário muito medíocre desse sistema, do qual eu só deixava no meu computador se estivesse em dual boot com um Windows. Com pouco tempo e internet ruim para resolver a maioria das minhas questões, fui vencido pela série de limitações que encontrava ao usar o pinguim. E olha que não foi por falta de testar as distros. E depois que o Kurumin foi descontinuado então, usava cada vez menos e só mesmo quando precisava resolver algum "pepino" em alguma máquina com uma instalação do Windows corrompida. Sabe como é né? Só para fazer backup dos arquivos importantes como fotos daquela viagem à praia, aquela saga completa de anime, o save daquele jogo já quase no final ou os MP3 da vida. Mas recentemente reacendeu a chama da empolgação em mim e pensei. Será que é agora que eu finalmente, como usuário simplório que sou, conseguirei usar um Linux?

Porque modero os meus comentários

Durante muito tempo deixei que pudessem ser postados aqui, comentários de visitantes sem fazer qualquer moderação. Inclusive comentários anônimos. É claro que depois eu fazia uma avaliação e via se estavam dentro das regras, se não estivessem eu apagava, afinal, isso aqui não é "casa da mãe Joana".

Boa educação ao enviar emails

A um tempo eu fiz uma matéria falando de como a ingênuidade de alguns usuários é explorada por pessoas que se aproveitam de um conhecimento mais apurado na área de informática, para se beneficiarem de forma ilícita através do envio de emails e sites fraudulentos. Essa matéria também é sobre email, mas dessa vez, será mais um aglomerado de dicas, para que possamos interagir de forma agradável através destes, sem que deixemos exposto o endereço eletrônico de amigos e o nosso próprio.

Matéria

A primeira abordagem que irei fazer é sobre emails que tem em seu corpo um histórico completo de todos os endereços ao qual foi enviada, parecendo mais uma lista de Schindler. O que é muito imprudente, antiestético e irritante. Você rola a página "meia hora" até chegar a mensagem e quando finalmente vê é na verdade somente uma única frase enfadonha que você já havia recebido em outro email. Enviar emails desse tipo é uma atitude imprudente porque na verdade esses emails têm uma outra finalidade, do que somente mostrar alguma imagem bonitinha, uma apresentação interessante ou aquela frase de ânimo. Eles são uma forma de capturar endereços eletrônicos e depois acabam retornando aos seus criadores, que muito provavelmente vão usar essa lista para "apurrinhar" a sua vida, enchendo a sua caixa de propagandas e algumas vezes aqueles emails que dizem que você foi sorteado e pede para que clique em algum link ou que diz que você tem um problema com a receita federal e que você deverá atualizar seus dados através de uma página que eles indicam e que na verdade, serve para roubar os seus dados, entre vários outros tipos de tentativa de fraude. Tenho certeza que você não quer que esse tipo de coisa aconteça com você ou com seus amigos. Não retorne email que peça para que você o reenvie de volta a menos que seja algo sério e de alguém que você conheça. Sua vida não vai ficar arruinada por causa de um email que você não enviou à outras quinze pessoas - ameaça típica de corrente - mas poderá começar a ter "dores de cabeça" se o fizer imprudentemente. Está claro que um email assim tem o objetivo de acumular mais emails. Um amigo verdadeiro não deixará de ser seu amigo porque você não quiz responder à uma mensagem que solicita confirmação de amizade. Será que seu amigo é tão inseguro assim? Amizade não precisa ser provada dessa forma e se precisar, realmente você deveria rever seus padrões de escolha de amizade. Essa imagem aí do lado é um exemplo típico de email que só serve para que alguém possa mais tarde distribuir spans. Saiba também que muitos spamers pegam emails como esse e que foram enviados por outros spamers, ou seja, a chance do seu endereço eletrônico começar a receber propagandas e email falsos e/ou com vírus é enorme. Vamos ver então a maneira correta de se enviar um email. Vamos tomar como exemplo a mensagem que está na imagem acima. Vamos supor que ela seja realmente interessante e que se queira enviá-la para alguém. Vou demonstrar fazendo pelo Hotmail, mas se aplica a qualquer serviço de email. Primeiro clique no botão encaminhar.


Na próxima tela estará a mensagem completa, com os emails de outras pessoas e muitas que você nem conhece. A primeira coisa que você tem que fazer é apagar essa lista que vem antes da mensagem e as propagandas que vem depois da mensagem deixando somente o que realmente interessa.


Perceba pela imagem que ficou muito melhor visualmente, assim a pessoa que receber o email não terá que rolar a página por "meia hora" até ver a mensagem real e também não receberá um monte de propagandas que geralmente vem ao final das mensagens nos serviços de emails gratuitos. Mas não é só isso. Veja que em emails como esse, sempre antes no campo assunto da mensagem, vem algo como: “EN”, “ENC”, “FWD”, “RE”, “RES”. Retire isso, é deselegante. E para enviar a mensagem, use o campo CCO onde deverá digitar o endereço eletrônico dos destinatários. CCO significa cópia carbono oculta. Assim, quem receber a mensagem saberá que foi você quem enviou, mas não saberá quais são os outros destinatários, pois estes estarão ocultos.


Como você deve ter percebido, a mensagem acima é aquele já conhecido pedido de ajuda que diz que cada vez que você a reenvia, você os ajuda com uma pequena quantia que seria paga pelo provedor de internet deles. Não posso garantir essa mensagem seja golpe, mas todos sabemos que empresas visam lucro. Então, que lucro levaria essa empresa com isso? Todos sabemos também que muitos fraudadores apelam para a nossa vaidade, ganância ou gentileza através de mensagens apelativas e comoventes. Quer realmente ajudar alguém? Veja se a história é verdadeira, se há relato dela em algum outro lugar. Ajude alguém próximo, assim todos acabaremos ajudando alguém que realmente precisa, em uma corrente de boas ações que beneficiará a todos. Sua ajuda será muito melhor aproveitada e você poderá ver de perto a conseqüência dela. Pense, pense muito em tudo que tentam te convencer a fazer. Seja inteligente, tome atitutes somente após refletir bastante e desconfie de tudo principalmente quando o assunto é internet. Anexos por exemplo, é uma das várias formas de propagar vírus. Muitos serviços de email hoje em dia, simplesmente bloqueiam anexos com extenção .EXE, mas não são só eles que são perigosos. É possível ocultar programas maliciosos em todo tipo de aquivo. Aquela apresentação do Power Point com musiquina e imagens bonitas pode ser um presente de grego. Só abra anexos de pessoas de confiança e mantenha sempre o antivírus ativo e atualizado, bem como o seu sistema operacional. Mensagens que avisam sobre a existência de algum vírus novo e extremamente perigoso também pode ser na verdade um artifício para coletar endereços de e-mail. Antes de enviar esse tipo de aviso à seus amigos, mesmo que seja uma atitude de boa vontade, pesquise e veja se a informação é verdadeira. Você não precisa ser avisado por email por exemplo, para não adicionar um tal de Fulano de Queiroz no seu MSN. Se você nem conhece essa pessoa, então porque adicionar? Aí cabe o seu bom senso. É a mesma coisa que atender chamada sem identificação no celular. Pode até ser que você realmente conheça essa pessoa que está tentando manter um contato com você, mas também pode ser um criminoso. Se você acabou de conhecer alguém e quer manter contato pelo MSN, comunique-se por email primeiro, aí então você adiciona. Quando receber aquela mensagem que você achou muito interessante e deseja reenviar a todos os seus amigos, siga os procedimentos descritos antes e não se esqueça de que aquele amigo que te enviou não precisa recebê-la novamente. E para finalizar, jamais, de forma alguma, sob nenhuma hipótese, divulgue dados reais de documentos ou qualquer outro dado pessoal, como por exemplo o seu endereço e telefone. Se tiver que fazer algo assim, que faça para alguém de inteira confiança e peça à essa pessoa que delete após ler. Igualzinho a James Bond.

Veja também sobre crackers, emails fraudulentoes e usuários ingênuos.

Impressoras - Das Matriciais às 3Ds

Veja nessa publicação um pouco sobre cada tipo de impressora, suas diferenças e suas principais aplicações. A forma como foram evoluindo de simples impressão de texto até alcançar um patamar tridimensional.

Matéria

Impressoras Matriciais
As primeiras impressoras foram as impressoras de Impacto ou impressora Matricial e ainda são largamente usadas. Algumas podem imprimir folhas soltas, mas a maioria usa papel tipo formulário contínuo, aquele com furações na bordas laterais. Geralmente são usadas na impressão de folhas de pagamento e cupons fiscais. Seu valor é elevado, mas em contra partida, seus suprimentos (papel e fitas de impressão) são muito baratos. A manutenção nem tanto. Principalmete quando o assunto é a troca da cabeça de impressão, que é para essa impressora tão importante quanto o processador é para o computador. Elas funcionam impactando agulhas, que ficam dispostas na cabeça de impressão de forma vertical, sobre o papel. Entre as agulhas e a folha fica uma fita de impressão impregnada com tinta. É como nas antigas máquinas de escrever.

A qualidade delas está diretamente ligada ao número de agulhas, a aproximidade entre si e a precisão do motor de avanço da cabeça de impressão. São monocromáticas e utilizadas para imprimir textos. Um outro tipo de impressora Matricial são as impressoras Margaridas. São conhecidas assim por possuírem uma esfera com caracteres que se vista de cima lembrava uma flor. Essa esfera girava para a posição correta onde o caracter impactava a fita com tinta sobre o papel fazendo a impressão. Não foram mais populares que as impressoras Matriciais, embora sua qualidade de impressão fosse melhor. Essas são as que mais se parecem com as máquinas de escrever.

Impressoras a jato de tinta

São as mais comuns atualmente e também as mais baratas. A variedade de marcas, preços e qualidade entre esses tipos de impressoras é enorme. Sua impressão é feita através de "espirros" de tintas sobre a folha de papel e a qualidade da impressão de algumas se aproxima das impressoras a Laser. Sua tinta fica armazenada em cartuchos que podem ser trocados por novos ou remanufaturados, ou seja, reabastecidos. Os cartuchos podem ser reabastecidos com kits próprios para isso, mas não é fácil encontrar kits completos e ao mesmo tempo baratos. Uma preocupação que você deve ter ao comprar uma impressora a jato de tinta é se será barato reabastecê-la depois. Algumas impressoras muito baratas possuem cartuchos de tintas caros. Por exemplo, você compra uma impressora que custa R$150,00 e na hora de comprar o cartucho de tinta novo você descobre que ele custa R$80,00. Algumas impressoras a jato de tinta podem imprimir com qualidade fotográfica desde de que se utilize um papel apropriado. Esse tipo de impressora é muito mais rápida na velocidade de sua impressão se comparadas as impressoras Matriciais, fora o fato de serem capazes de imprimir imagens e não somente texto.

Impressoras a Laser

São mais caras que as impressoras a jato de tinta, mas seu custo de impressão é mais barato se comparadas o uso em larga escala e muito mais rápidas se comparadas as impressoras Matriciais. Daí serem muito utilizadas em grandes empresas, onde é impresso muito material e é necessário também que a impressão seja de alta qualidade, rápida e com mais baixo custo possível. Você já deve ter visto uma impressora assim quando foi a uma agência bancária. As impressoras apresentadas anteriormente imprimem linha por linha e a impressora a Laser imprime uma página inteira por vez. Sua recarga é feita por meio da troca de toner. O toner é um cartucho que possui em seu interior um pô de cor escura e eletricamente carregado que ao se esgotar deve ser trocado como você faria com o cartucho das impressoras a jato de tinta. As impressoras a Laser são as mais indicadas para imprimir imagens, pois imprimem com qualidade superior às demais.

Existem muitos outros tipos de impressoras e algumas existem para cumprir tarefas específicas, mas as apresentadas nessa publicação são as mais conhecidas. Veja a seguir o tipo de tecnologia que veremos se tornarem comuns nas lojas em alguns anos.

Impressoras 3D

Essas impressoras fabricam objetos a partir de uma imagem tridimensional feita no computador. Por exepmplo, você reproduz um boneco do Homem-Aranha em algum software de editoração 3D como o 3D Max e a impressora fabrica o boneco. É como ter uma fábrica particular. Aliás, muitas empresas já utilizam essa tecnologia na fabricação de modelos e protótipos. Esse procedimento feito dessa forma, fica muito mais barato mesmo levando em consideração o preço da impressora. Não existem atualmente modelos domésticos acessíveis para esse tipo de tecnologia de impressão, mas isso deve mudar em breve, já que o preço, embora ainda seja alto, já reduziu bastante desde as primeiras impressoras 3Ds criadas. O conceito de impressão tridimensional é um só, visando sempre à produção de um objeto detalhado com volume e profundidade, entretanto, até mesmo para uma única aplicação existem diversas tecnologias diferentes.

As diferentes tecnologias de impressão 3D

A primeira consiste na sobreposição de diversas lâminas de polímeros, as quais são coladas por meio do conteúdo de um cartucho especial de cola e cortadas em locais específicos, camada por camada, conferindo a forma final. A cor do material também pode ser escolhida (dentre cerca de cinco opções, incluindo algumas translúcidas), mas deve ser aplicada em toda a peça.
Ao término do processo, o usuário precisa apenas destacar as partes remanescentes do bloco principal.

O segundo método consiste na aplicação de jatos do material em pó por meio de um cartucho de impressão, que são unidos de forma seletiva por outro cartucho com conteúdo adesivo. Esta é a tecnologia de impressão tridimensional mais rápida existente atualmente, além de ser também a única que permite a aplicação de finalização colorida nos objetos (simulando a pintura). Uma variação da aplicação de cartuchos utiliza fotopolímeros em estado líquido, que são injetados e tratados em camadas por meio de uma lâmpada UV (ultravioleta). Aqui entra a combinação entre as cores preta e branca para a criação de tons de cinza, muito populares entre eletro-eletrônicos.

Outra mais recente trabalha com materiais sólidos (chamados de ABS), que são aquecidos em uma câmara e derretidos até o ponto de injeção, sendo aplicado então um método similar ao descrito acima. Por tratar com um calor realmente elevado, o objeto construído é imediatamente depositado em uma câmara com água para ser resfriado e finalizado.

Por fim e voltada especialmente à produção de objetos realmente pequenos — temos a micro-fabricação tridimensional em gel, que utiliza lasers focados em diferentes pontos e distâncias para tratar o material até um ponto em que ele se torne sólido. Todo o restante que não foi focado é simplesmente lavado ao fim do procedimento, se desprendendo da peça. Componentes com tamanhos inferiores a 100 nanômetros são facilmente produzidos. Outro exemplo, novamente, são as peças interligadas com partes móveis.

Com essa impressora você poderá reconstruir a "carcaça" daquele telefone que "voou" na parede durante aquela briga de crise de ciúmes.
Veja também as diferenças entre as TVs de LCD, PLASMA e LED.

Diferenças entre as TVs LCD, Plasma e de LED

Para esclarecer as principais dúvidas de quem deseja comprar um televisor novo para a sua casa, fiz este apanhado de informações que o ajudarão na escolha. Veja um pouco da história, as diferenças, prós e contras de cada tecnologia e saiba qual melhor se encaixa em seu perfil, orçamento e no espaço da sua sala.

Matéria

História do LCD

As telas de LCD não são novidades, foram inventadas na década de 60, mas só ganharam mercado à partir da década de 80, quando começaram a ser usadas em notebooks. Era uma tecnologia difícil de ser manipulada e com grandes perdas nos processos de produção. No final dos anos 90 a IBM conseguiu desenvolver um método para a fabricação que reduz as perdas à níveis mais aceitáveis, barateando o custo e que é mantido até hoje. Enquanto que nos anos 80 as perdas pudessem chegar a 90%, pois quanto maior a tela maior era a perda devido a grande quantidade de pixel mortos, nos dias atuais as perdas não ultrapassam 30% e a quantidade de pixel mortos não fica acima de 20%. O que é aceitável desde que estes pixels não estejam muito próximos para serem percebidos pelo usuário. Essas perdas deixam o produto final para o cliente mais caro, em vista que produtos rejeitados nas vistorias de qualidade não podem ser recuperados, somente servem para reciclagem. Feita de cristal líquido, sua imagem depende da corrente elétrica que é aplicada e que faz com que varie entre uma imagem translúcida ou mais opaca. Possue uma lâmpada instalada atrás da tela que emite luz branca sobre três células que são lacradas, cheias desse material e que correspondem cada uma às cores primárias (verde, vermelha e azul).

Vantagens:

  • Não produzem reflexo em ambientes claros mantendo a imagem visível.
  • Ideais para exibição de imagem sem muito movimento, como a dos computadores.
  • Podem ser encontradas em modelos menores se comparadas as TVs de Plasma.
  • Consumo de energia mais baixo se comparadas as TVs de Plasma.

Desvantagens:

  • Não são boas para exibição de imagens em movimentação intensa como a de filmes de ação e jogos de vídeo games.
  • São mais caras se comparadas as TVs de Plasma.
  • A imagem começa a perder definição dependendo do ângulo de visão do usuário. Em algumas a queda de definição pode ser percebida com apenas 10 graus de inclinação do ângulo de visão do usuário em relação a frente da tela.

________________________________________

História do Plasma

Como uma alternativa ao LCD e com o intuito de substituir as telas de CRT, que são as telas como daquela TV que tinha na sua casa em que você assistia Alf o ETeimoso, Super Vicky e o desenho Nossa Turma quando você era criança, foram criadas na década de 80 as telas de Plasma. Os problemas das telas de Plasma também estão no alto custo de produção, principalmente pelo maquinário usado na sua confecção. As perdas ultrapassam 10% durante a fabricação. Para o cliente final o problema é o consumo de energia que é bem maior do que em uma TV de LCD e também o reflexo que é gerado na tela pela necessidade da colocação de uma segunda camada de vidro frontal para proteger o painel frágil do Plasma. Um problema que ocorria nas TVs de CRT e que ficou acentuado nas TVs de plasma é o efeito Burn-in que causa a queima a tela deixando uma marca quando estas mostram por muito tempo uma imagem fixa. Isso pode acontecer por exemplo, em exibições de eventos esportivos como os jogos de futebol que apresentam no canto da tela um placar durante todo o jogo ou em jogos de video games que possuem menus que permanecem sem modificações no vídeo. O pior ocorre quando o usuário prefere usar o tamanho de exibição 4:3 das TVs convencionais ao invés do padrão Widescreen 16:9 o que faz com que a TV mostre o tempo todo uma faixa preta do lado esquerdo e outra do lado direito. O Burn-in foi muito atenuado e em algumas TVs e tem fabricante que diz que não existem mais esses problemas em seus modelos, mas não custa ser cuidadoso, pois a própria gerente de produtos da LG - Fernanda Summa - afirma que é possível amenizar e não eliminar por completo. Voltanto ao que tange a produção do Plasma, perceba que só podemos ver nas lojas TVs desse tipo com grandes polegadas. Isso ocorre pois é inviável, técnica e comercialmente, produzir telas assim em tamanhos menores. TVs desse tipo operam com células cheias de gás xenônio que sofrem descargas elétricas e se transformam em plasma. Em cada ponto da tela há três células cobertas por fósforos com as cores básicas. Ao sofrerem as descargas elétricas fazem com que liberem fótons que se colidem com a camada de fósforo na frente das células fazendo com que brilhem. O conjunto dessas células formam a imagem.

Vantagens:

  • Qualidade de imagem superior se comparada as telas de LCD.
  • Ótimas para ambientes escuros
  • Ideais para a exibição de imagens com movimentação intença pois possuem o recurso de "resolução dinâmica".
  • São mais baratas se comparadas as TVs de LCD.
  • São mais indicadas para ambientes amplos.

Desvantagens:

  • Só são produzidas em grandes tamanhos.
  • Podem sofrer com o Burn-in em imagens que permanecem estáticas por muito tempo.
  • Tem alto consumo de energia se comparado ao LCD.
  • Geram reflexo quando colocadas em frente a janelas ou entradas de luz.
  • Seu potencial só pode ser aproveitado quando o sinal é digital, como as transmissões da Sky e DirecTV. Com sinais analógicos como os das transmissões locais no Brasil a imagem pode ficar pior que a de uma TV de CRT. A TV de plasma é moldada para exibir na tela o que tem de melhor somente quando o sinal é digital.
________________________________________

História das TVs de LED

As TVs de LED são de uma tecnologia muito recente. Sugiram em meados de 2005 praticamente como uma evolução dos televisores de LCD. Funcionam com um conjuto de leds (Diodos emissores de luz) com as cores primárias (vermelho, azul e verde) e como nas TVs de LCD é feito um trabalho de filtragem de luz do cristal líquido só que de forma muito mais eficiente conseguindo cores mais puras e imagens mais nítidas. Nesse tipo de tela não ocorrem perda de brilho ou alteração de cor, a luz é exatamente igual durante todo o tempo independentemente de um ambiente claro ou escuro.

Vantagens:

  • Tem contraste melhor, exibição mais brilhante e cores mais vivas se comparadas aos outros modelos.
  • Podem ser fabricadas em modelos mais finos podendo ter 3cm de espessura.
  • Ecológicamente correta, pois não possuem mercúrio em suas lâmpadas e não utilizam chumbo para a fixação de seus componentes.
  • Possuem nível de consumo de energia 40% mais baixo que as TVs de LCD de mesmo tamanho.
  • Nos demais quesitos, se comparado aos demais modelos de telas, são superiores em tudo.

Desvantagens:

  • Possui o custo mais alto se comparado ao Plasma e ao LCD.

________________________________________

Novas tecnologias

OLED: A tecnologia OLED (organic light emitting diode, ou diodo emissor de luz orgânico, numa tradução literal) utiliza Leds que têm uma camada de material orgânico (qualquer componente baseado em carbono, como os plásticos, por exemplo) em sua camada eletroluminiscente, o que permite a geração das imagens sem a necessidade de uma "camada" de pixels de LCD. De quebra, também eliminam a necessidade de um sistema de backlight (nome dado ao diodo emissor de luz dos LCDs), o que permite que tenha um perfil reduzido até mesmo em relação aos televisores Led. Novata do mercado de televisores de alta definição, "começou sua carreira" em telefones celulares e outros dispositivos de mão.

AMOLED: Variação das telas OLED com matriz ativa. Suas imagens são geradas a partir de uma camada TFT (thin-film transistor, ou transistor de filme fino), o que permite menor tempo de resposta e qualidade de imagem em relação às OLED. Também nascida para equipar dispositivos de mão, é uma iniciante no mercado de televisores. As telas Amoled podem ser flexíveis.


________________________________________


Diferença entre HD Ready e Full HD

A diferença é basicamnte o número de linhas de resolução. Quanto maior o número melhor a qualidade da imagem que o aparelho poderá exibir. Os televisores HD Ready possuem resolução de 768 linhas enquanto que as Full HD são muito superiores, com 1080 linhas. Mas veja bem, não adianta ter em casa uma TV HD Ready ligada a um aparelho de DVD, decidir comprar uma TV Full HD, ligá-la ao mesmo aparelho de DVD e depois esperar conseguir ver melhoras na exibição de seus filmes. Isso não irá acontecer. Para aproveitar toda a qualidade de imagem que uma TV Full HD pode oferecer, você precisará conectar a ele equipamentos que consigam usufruir desse potencial. Ou seja, em TVs HD Ready bastam um DVD normal ou seus canais locais de TV, enquanto que para aproveitar bem uma TV Full HD você precisaria de um aparelho de Blu-Ray com mídia Blu-Ray conectado a TV com um cabo HDMI ou sinal digital para assistir os seu canais de TV com qualidade máxima. Em qualquer dos casos para as recepções de DTV, que é o sinal digital brasileiro, é necessário utilizar um decodificador Set Top Box externo, a menos é claro, que já venha embutido de fábrica no aparelho. O Set Top Box é o responsável pela conversão do sinal digital para a sua TV. A tecnologia Full HD já está sendo ultrapassada, já se fala em Quad Full HD que como o próprio nome induz a pensar é uma TV com resolução quatro vezes maior que uma Full HD normal. Também está em desenvolvimento as TVs Ultra High Definition Video que superarão as Quad Full HD conseguindo alcançar 7680 X 4320 pixels de resolução.


________________________________________

Na hora da compra

O preço é importante, mas como isso varia de marca, funções, recursos do equipamento e o que tem no bolso de cada um também importa muito, não enveredarei por este campo. Na hora da compra você pode começar lembrando dos eletrônicos que tem em casa e que podem ser conectados ao seu aparelho ou pensar naqueles que você ainda vai comprar. Entre as conexões mais importantes estão as entradas AV-in (compatível com equipamentos mais antigos, como um VHS, por exemplo); S-Vídeo (alguns modelos de DVD ainda utilizam essa entrada), Vídeo-composto e Video-componente (para videogames, como o Nintendo Wii), e HDMI. Essa última pode ser considerada a mais importante: unifica som e vídeo em um único cabo, com qualidade digital e alta resolução. Quanto mais conexões e mais variedades delas melhor.

Quanto a imagem:

Sobre os aspectos da imagem na hora da compra, tente observar os tons de pele. Estes devem se aproximar o máximo do real possível, se não possuírem um aspecto natural considere outro televisor. As cores devem estar bem definidas e separadas para proporcionar sensação de profundidade na imagem e deve haver nitidez nos contornos do que é exibido. Leve um DVD que você conheça a qualidade de imagem, peça para o assistir na TV que espera comprar e faça as comparações.

Quanto ao som:

No caso da qualidade sonora, você terá que colocar em prática o seu ouvido de músico frustrado, ouvir a relação entre tons graves e agudos emitidos e notar como são as diferenças entre eles. Televisores que possuem opções para adicionar efeitos ao áudio como ativação de surround e reforço de graves auxiliam melhor a reprodução e podem até se aproximar da qualidade de um equipamento de Home Theater.

Quanto a instalação:

Evite inserir a TV dentro de móveis fechados e que impeçam a dissipação do calor gerado pelo equipamento. A recomendação vale principalmente para telas de plasma, que tendem a esquentar com mais intensidade do que as de LCD. A TV também deve ficar a altura dos olhos do usuário.

Quanto ao tamanho:

Todo mundo gosta de um televisor gigante, mas nem sempre isso é o melhor para a sua sala. Não se esqueça de imaginar a TV já instalada na sua casa.


Observe a altura, largura e profundidade do espaço que ela irá ocupar. O tamanho da tela de um televisor é medida em diagonal e considerada em polegadas. Veja um exemplo:

1 polegada = 2,54 cm
22 polegadas = 22 x 2,54 cm = 55,88 cm
Diagonal = 55,88 cm

Depois de obter o tamanho em centímetros multiplique o valor por 3 para saber a distância mínima que você deve manter ao se sentar em frente ao televisor. Ou seja, para uma TV de 22 polegadas a distância seria 167,64 cm.

________________________________________

Quanto a limpeza:

Ver marcas de dedos na tela do seu televisor é comum e pelo menos para mim, é algo que incomoda demais. Para limpar a tela não utilize nenhum produto químico, principalmente em telas de LCD. Basta usar um chumaço de algodão levemente umidecido em água. Se for preciso utilize outro algodão seco para retirar qualquer umidade da tela. Existem kits para isso também, mas o algodãozinho dá conta.

________________________________________

Com isso eu espero que se você tinha dúvidas sobre qual aparelho adiquirir que elas tenham pelos menos diminuído. Veja abaixo as fontes utilizadas para a elaboração desta matéria.

http://www.htforum.com/vb/showthread.php?t=82491
http://www.oragoo.net/o-que-e-o-efeito-burn-in/
http://www.htforum.com/vb/showthread.php?t=55993
http://www.comprafacil.blog.br/plasma-lcd-ou-led/
http://tecnologia.uol.com.br/ultnot/2009/09/14/ult6035u27.jhtm
http://tecnologia.uol.com.br/dicas/ultnot/2008/02/28/ult2665u256.jhtm
http://eletronicos.hsw.uol.com.br/guia-para-compra-de-tv1.htm
http://www.casosdecasa.com.br/index.php/2009/07/o-tamanho-ideal-de-tv-para-sua-sala/
http://guia.mercadolivre.com.br/diferenca-full-hd-ready-55912-VGP
http://www.baixaki.com.br/info/2462-o-full-hd-ja-esta-ficando-ultrapassado-confira-a-nova-tecnologia-em-resolucao-de-televisores.htm

Veja também a evolução das impressoras, das matriciais às tridimensionais.

Crackers, emails fraudulentos e usuários ingênuos

Todos os dias circulam emails que pedem que você os reenvie de volta ao remetente e muitas vezes a lista de destinátários continda neles é maior que a própria mensagem. Já em outras ocasiões chegam mensagens que parece prestar algum tipo de utilidade pública, informando a você os risco de se consumir refrigerante ou cerveja direto da latinha. Pura balela! Algumas escondem seu propósito real em uma foto ou apresentação de Power Point. Essa é uma publicação antecipada de primeiro de abril, mas a mentira aqui está somente nos tipos de emails citados. Leia e fique esperto.